Irmãos.org

A família de Deus na RMVale, e além

Bíblia

Vida: Salmo 119.49-56

A palavra de Deus dá esperança e conforto no sofrimento.

O desespero não toma conta do salmista, pois ele recorre à palavra do Senhor e ao relacionamento que ele tem como servo dele. Desta maneira, a esperança é alimentada sempre, 49.

No meio do sofrimento, o salmista encontra conforto na promessa de Deus, pois por ela ele recebe a vida e toda a bênção do Senhor para viver em paz e prosperidade, 50.

A zombaria dos arrogantes não consegue desanimá-lo ou fazê-lo desistir, pois ele insiste em continuar na lei do Senhor, 51. Ele sabe que a lei contém tudo o que ele busca no seu relacionamento com Deus.

O que o Senhor já fez no passado serve como reforço da sua bondade e da sua fidelidade no presente, 52. Por isso, seus grandes atos nas Escrituras merecem cuidadoso estudo.

O salmista sente revolta quando vê a rejeição da lei de Deus por parte dos ímpios—ele sente o que Deus sente! 53. Mas ele não deixa que essa revolta lhe roube a sua alegria, pois ainda canta a sua alegria ao longo da sua vida, 54.

Ele pode pedir que Deus se lembre da sua promessa ao seu servo, pois de noite o salmista lembra do nome de Deus—o que significa a prática da obediência, 49, 55-56.

O autor reconhece a prática dele, 56, não como homem arrogante, mas sim como o humilde que pensa de forma realista sobre sua própria vida e tem sobre si mesmo conceito correto. Não é uma declaração de justiça própria, mas o servo que reafirma seu compromisso.


Reflexão

No sofrimento, onde é que meus olhos ficam focados: na bondade de Deus ou nos problemas e nas críticas feitas pelos outros?

Sou pego de surpresa pela zombaria e pela oposição—e assim fico desconsolado—ou reconheço que elas virão—para me segurar mais ainda na promessa de Deus?

Em que sentido a vida é uma peregrinação? Que hábitos ou práticas minhas não condizem com essa condição minha de peregrino?

Orar

Senhor Deus, seu nome me é precioso, e quando deito quero pensar mais sobre o que ele significa para mim.

O Senhor sabe como sinto sobre a injustiça no mundo e por isso deixo nas suas mãos o juízo.

Cada detalhe da história da salvação, Ó Deus, me traz ânimo. Que eu possa estudar cada vez mais os seus grandes atos ao longo dos séculos, e especialmente o seu envio de Cristo à terra.

1 Comment

  1. Leandra Cômitte Rodrigues

    Que oração linda!!!

Deixe uma resposta

Theme by Anders Norén