A família de Deus na RMVale, e além

Estudos bíblicos

Verdadeiros adoradores

O texto a seguir faz parte de uma conversa que Jesus teve com uma mulher samaritana. Está repleto de verdades e princípios para nós hoje. Abaixo, mencionamos sete.

No entanto, está chegando a hora, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. São estes os adoradores que o Pai procura. Deus é espírito, e é necessário que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade. João 4.23-24 NVI.

  1. hora mencionada por Jesus já chegou. A nova aliança de Cristo trouxe mudanças. Deus “(…) agora ordena que todos, em todo lugar, se arrependam” Atos 17.30. O plano dele tem de ser seguido.
  2. Há verdadeiros adoradores e falsos. Qual é você? Como saber? Jesus revela no Novo Testamento. Não deveria fazer uma diferença para nós? Não deveríamos nos importar para saber se Deus aprova ou não da nossa adoração?
  3. Deus procura verdadeiros adoradores. Estes não são pessoas que louvam a Deus numa reunião, mas cujas vidas mostram sua presença e poder. Nossas mãos têm de ser santas, 1Tm 2.8 (ver profetas do AT). Deus quer que nos aproximemos dele. Quando ele me procura, achar-me-á um dos verdadeiros?
  4. Deus é espírito. O plano de Deus expressa sua natureza. Nossa obediência tem de demonstrar nosso conhecimento e respeito pela natureza de Deus. Ele se revela como Deus vivo e verdadeiro. Um ídolo é material; Deus é espírito. Nossa adoração tem de respeitar sua essência.
  5. É necessário. Não podemos escolher o tipo de adoração que queremos prestar a Deus. O verbo impessoal por trás desta frase (grego: dei) indica uma obrigatoriedade divina.
  6. Em espírito e em verdade. Dois elementos principais são essenciais. Adorar em espírito significa que tem de ser de coração, não como ritual, nem ato automático. Temos de conhecer o propósito e significado e não fazer sem pensar — ou pensar de forma errada. Adorar em verdade significa conforme Deus ordena, tanto o ato em si como nossas atitudes e vida santa.
  7. Jesus falou isso para uma mulher que adorava a Deus de forma errada. Faz diferença. Você é adorador que Deus procura?

Deixe uma resposta