Irmãos.org

A família de Deus na RMVale, e além

vida em Cristo

Perguntas de oportunidade

O cristão pensa sobre a vida — sobre tudo, na verdade — de forma diferente do que o pagão. Ele encara suas dificuldades, suas provações e seus sofrimentos de forma diferente também. Para reforçar esta diferença de pensamento, leia e medite nas “Perguntas de oportunidade”, abaixo.

Clique no link para baixar o arquivo em formato PDF: perguntas-oportunidade.

O cristão vê cada momento como oportunidade de crescer e se santificar mais, de servir a Deus e ao próximo e de avançar mais a Boa Nova de seu Senhor e Salvador Jesus Cristo.

1 Comment

  1. sergio vasconcellos

    Muito particularmente, abstenho-me do uso da palavra “PAGÃO”, opto pela palavra “INFIEL” . Observei o PERGUNTAS DE OPORTUNIDADES e verifiquei que a fonte para as resposta é sem dúvida a Palavra de Deus. Opinião, a parte, gostaria de propror duas discussões: 1) Jesus ensinava de um modo divergente do que temos visto na aplicação da maioria dos treinamentos de seminários e instituições religiosas e Paulo, seguiu essa orientação; 2) Mensurar a aplicação do ensinamento. Vejamos, Jesus ensinava a sua plateia, sejam os discipulos ou a população numa metodologia que mostrava a sua vida cotidiana em face ao Reino de Deus e por fim, quando fosse o caso, suscitava a Torá ou todo Velho Testamento ( tanaka ). Muitos abrem a biblia e jogam nela a vida cotidiana e os ouvintes, não são atingidos, por que não funciona… Se nós associarmos que a violencia que a midia nos expoem, como algo nunca visto na historia da humanidade, trata-se de um grande mentira – podemos mostrar-lhes essa verdade e como Deus, transformou as vidas das pessoas em meio as maldades do passado. A historia passa, mas Deus é inalteravel. Se nós mostrarmos que a promiscuidade, a prostituição e mesmo a sodomia são velhos conhecidos dos homens sem Deus, e como foi que Deus agiu tanto em Genesis e como Paulo descreveu em Romanos, estamos contextualizando. A palavra de Deus deve ser apresentada como uma proposta de uma solução, uma jóia rara e não ao contrário… Muitos têm trasnformado a palavra de Deus em perola aos porcos… Em segundo lugar, a mensuração se aplica no contexto dos irmãos. Uma remorização da aula dada, uma construção de uma imagem mental como Jesus fazia etc De modo que se possa medir o que se aprendeu… Jesus dizia : Quem tem ouvido para ouvir, ouça. Tambem o que tenho ouvido ( recebido ) do Pai… Paulo dizia : O que recebi, lhes ensinei – portanto, obviamente trata-se de chamar a atenção – ISSO É IMPORTANTE… Preocupa-me pois muitos aprendem e não apreendem o que receberam…shalom

Deixe uma resposta

Theme by Anders Norén