De Richard Guill

  1. Quero aprender a palavra de Deus tanto quanto possível.

    “Por essa razão, desde o dia em que o ouvimos, não deixamos de orar por vocês e de pedir que sejam cheios do pleno conhecimento da vontade de Deus, com toda a sabedoria e entendimento espiritual. 10 E isso para que vocês vivam de maneira digna do Senhor e em tudo possam agradá-lo, frutificando em toda boa obra, crescendo no conhecimento de Deus”
    Cl 1.9-10.

  2. Amo meus irmãos e tenho prazer em me reunir com eles tanto quanto possível.

  3. Quero dar o bom exemplo aos outros. Creio não poder ter boa influência nos outros, especialmente os que estão mais fracos na fé, se não participo destes períodos de estudo bíblico.

  4. Sinto encorajado quando estou perto dos obreiros mais diligentes na igreja. Eles estarão presentes nos momentos de estudo bíblico durante a semana.

  5. Participo porque creio que devemos ter a atitude: “Que mais posso fazer?”, ao invés de pensar: “O que tenho que fazer por obrigação?”

  6. Creio que o primeiro e maior mandamento: “Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento” Mt 22.27, e as palavras sérias de Jesus: “Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas” Mt 6.33, podem ser melhor cumpridas por aqueles que participam do estudo bíblico durante a semana.

  7. A Bíblia ensina que Jesus pode vir a qualquer momento: “Portanto, vigiem, porque vocês não sabem o dia nem a hora!” Mt 25.13. Se ele vier no momento do estudo durante a semana, eu certamente gostaria de estar lá com os santos e adorando a ele, ao invés de estar em outro lugar, fazendo algo que não me é tão importante espiritualmente.

Estas são sete razões (há outras) por que eu participo do estudo durante a semana. Sei que alguns que leem este artigo não participam dele. Se você se encontra neste último grupo, faria-me um favor? Poderia fazer uma lista das razões (qualquer número delas) por que você não participa?