Irmãos.org

A família de Deus na RMVale, e além

Bíblia

Nota bíblica: Parábola do joio não dispensa disciplina na igreja

A parábola do joio, Mt 13.24-30, representa o juízo final. Na explicação da parábola, Jesus afirma que “a colheita é o fim desta era”, Mt 13.36-43. O ponto da parábola é que “os justos brilharão como o sol no Reino de seu Pai”, v. 43—e não nesta era presente. A parábola explica por que os justos não aparecem melhor neste mundo, pois os filhos do Maligno estão presentes ainda.

Portanto, Deus deixa para o Dia do Juízo toda a humanidade e mesmo sua igreja. A separação divina não ocorrerá agora, mas somente no último dia. Isso não diminui a necessidade da disciplina dentro da igreja, disciplina esta que é mandamento do Senhor, Mt 18.15-20; 1Co 5.1-13; 14.38; 15.33-34; Gl 6.1; 2Tm 4.1-5; Tt 1.11. De fato, a discipline se torna uma necessidade maior ainda, se possível.

Quem usa esta parábola para justificar a falta de ação ou é tristemente ingênuo ou está semeando, maliciosamente, mais joio entre o trigo.

3 Comments

  1. Aida

    Excelente, Randal. Além disso, a igreja que disciplina ajuda o joio a se transformar em trigo, o que resulta em salvação eterna. Que o Espírito Santo dê mais coragem aos nossos lideres para colocar em prática os mandamentos do amor com disciplina dentro do Reino do Senhor. Quem ama, corrige, ajuda, orienta e disciplina. Brilhante post, Randal.

    • Obrigado, Aida. Alguém chamou a disciplina dentro da igreja de o mandamento esquecido. Em muitos lugares, é isso mesmo.

      • Aida

        Verdade, Randal. Vivemos sob a Graça, mas temos mandamentos também.

Deixe uma resposta

Theme by Anders Norén