V — “Quando morre o ímpio, sua esperança perece; tudo o que ele esperava do seu poder dá em nada” Pv 11.7.

M — A esperança do ímpio morre com sua morte, porque está colocada em coisas terrenas. No Além, ele não tem poder nenhum.

O — Deus de vivos e mortos, esperamos no Senhor. Guarde a nossa esperança até aquele dia!