Notas do meu sermão: “O miraculoso, o material e o espiritual”

Texto: Atos 11.27-30

VFL: 27 Nessa mesma época alguns profetas foram de Jerusalém para Antioquia. 28 Ágabo, um desses profetas, se levantou e, pelo poder do Espírito, predisse que haveria uma grande fome em todo o mundo. (Isso aconteceu no tempo em que Cláudio era o Imperador). 29 Então todos os discípulos, cada um conforme as suas posses, resolveram enviar socorro aos irmãos que viviam na Judéia. 30 E assim eles fizeram, e mandaram as suas ofertas aos presbíteros por intermédio de Barnabé e Saulo.

I. O MIRACULOSO

  1. Mais cedo, Deus tinha mostrado a necessidade da igreja pregar o evangelho a todas as pessoas (Pedro e Cornélio em At 10). Deus não pregou, mas mandou sua igreja fazê-lo.
  2. Mostra, agora, por meio de Ágabo, que deve haver solidariedade entre os irmãos. Ele queria que a igreja providenciasse ajuda.
  3. Deus não alimentou os famintos da Judeia por meio de um milagre, como Cristo tinha feito. Por meio da profecia de Ágabo, ele fez com que os cristãos tomassem conhecimento da oportunidade.
  4. Hoje, não precisamos do miraculoso para saber estas duas verdades. Já estamos sabendo! Basta praticar.

II. RETRIBUIÇÃO MATERIAL PELO ESPIRITUAL

  1. Rom 15.27 – … se os gentios participaram das bênçãos espirituais dos judeus, devem também servir aos judeus com seus bens materiais.
  2. 1 Cor 9.11 – Se temos semeado para vós bens espirituais, será demasiado colher de vós bens materiais?
  3. Gal 6.6 – E o que é ensinado na palavra, compartilhe todas as boas coisas com aquele que o ensina.
  4. A congregação joseense sempre tem sido generosa na ajuda aos irmãos no Brasil e no mundo (Japão, Haiti, etc.).

III. O ESPIRITUAL É PRIMORDIAL

  1. Este impulso que se vê na igreja em Antioquia de ajudar veio dos irmãos que tinham recebido os bens espirituais da parte dos que vieram de Jerusalém.
  2. O que mais marcou a igreja de Cristo em Antioquia foi o ensino e a pregação.
  3. Hoje de manhã li um email de um personal trainer, falando de si mesmo como vendedor do produto dele: Para aumentar as vendas, ele pensava como se o produto dele impedisse o comprador de morrer.
  4. Devemos pensar como ele, mas nós é que temos o produto, por assim dizer, sem o qual as pessoas morrerão.

E DAÍ?

  1. Devemos ajudar aos irmãos, Gálatas 6.10.
  2. Devemos pregar o evangelho a todos.