A família de Deus na RMVale, e além

igreja

Fortaleça o que resta

Homem plantando sementes.

Leia abaixo comentários, dois de irmãos, sobre o texto de Apocalipse 3.2, palavra de Jesus à congregação em Sardes:

Esteja atento! Fortaleça o que resta e que estava para morrer, pois não achei suas obras perfeitas aos olhos do meu Deus.

Ao que se refere a frase: “o que resta”?

(…) as virtudes cristãs, ordenanças, movimentos intensos. Reaviva todo o zelo anterior pelo qual os membros eram santos, a igreja forte, pecadores foram salvos e o evangelho divulgado. Estas obras estavam agora relaxadas e prestes a morrer. —D. Whedon

O irmão e evangelista Foy E. Wallace Jr., afirmou:

Não havia obras concluídas nesta igreja; eram obras começadas mas não terminadas; suas obras eram meros fragmentos de serviço, parciais e imperfeitas, ou incompletas. Foram exortados a “fortalecer as coisas que ficaram, que estão prontas para morrer” – isto é, as obras em declínio que ainda existiam murchariam e pereceriam logo se não fossem revigoradas e reavivadas. Esta era uma carta severa para Sardes, pois eles eram seus próprios inimigos. Não havia inimigos de falsa doutrina mencionados; o perigo deles estava em seu estado de decadência espiritual.

E, no século 19, o irmão Walter Scott o identificou assim:

O fruto do Espírito, Gálatas 5.22-23, ainda existia, embora em medida pequena e em expressão débil; o que da vida e da graça restava era para ser edificado, valorizado, fortalecido. O que quer que seja de Deus mantenha firme, e ainda mais porque a religião prática está morrendo dentro dessas terras cristãs. A exortação nunca foi mais necessária do que agora. A espada e a colher de pedreiro estão sempre em demanda, mas o uso sábio e diligente desta última é a necessidade gritante da Igreja.

Damos graças ao Senhor que, no presente confinamento, há irmãos dispostos a pegar as ferramentas de trabalho por manterem o zelo inicial da sua conversão. Ao dividirmos nossa reunião em três grupos menores, os irmãos estão assumindo as responsabilidades, como sempre tinha feito antes.

É um prazer ver os irmãos prontos para botar a mão na massa. Que nos preparemos cada vez mais para fazermos obras completas.

Os comentários acima foram traduzidos do inglês, aparecendo todos neste link.

Deixe uma resposta