As religiões humanas constróem cada vez mais monumentos físicos para serem visitados e mantidos e inventam relíquias e objetos para serem venerados. Mais um grandioso templo religioso foi anunciado esta semana na nossa região. Parece haver entre as denominações, e mesmo dentro delas, uma concorrência para chamar mais atenção com obras cada vez maiores.

A fé verdadeira, porém, não se prende a tais como estes. Mantemos a nossa fé pelas verdades das Escrituras Sagradas, pela oração aos moldes daquela que Jesus nos ensina, pela convivência na comunidade dos fiéis.

A nossa fé gira em torno de Jesus Cristo. Ele vive entre nós e reina sobre nós. Ele age por nosso intermédio no mundo, nas nossas ações e palavras. Ele não depende de edificações ou objetos físicos e, de fato, tais coisas obstruem a fé, a adoração e o serviço genuínos.

A igreja do Senhor Jesus Cristo é uma comunidade cuja esperança não está no que se vê, mas na presença invisível do Mestre. Somente no último dia “o veremos como ele é” 1Jo 3.2. Temos de andar hoje pela fé e não pelo que se vê, 2Co 5.7.

O apóstolo Paulo escreveu:

Examinem-se para ver se vocês estão na fé; provem-se a si mesmos. Não percebem que Cristo Jesus está em vocês? A não ser que tenham sido reprovados!
2Co 13.5

Provar se estamos na fé significa verificar que Jesus Cristo está em nós, e não nas criações humanas físicas. Se precisamos destas últimas para nóssa fé, com certeza seremos reprovados no últimos dia.