Ontem, começamos a leitura da carta aos Efésios, para terminar no final da semana que vem. Eis uns dados interessantes sobre esta carta do apóstolo Paulo.

  1. Efésios tem uma carta irmã em Colossenses. Há muitos paralelos entre as duas.
  2. As duas cartas são, de certa forma, dois lados da mesma moeda. O tema de Efésios é a igreja de Cristo, o de Colossenses, o Cristo da igreja.
  3. Como é o costume de Paulo, a carta se divide em duas partes principais: a parte do ensino, nos capítulos 1-3, e a parte da aplicação à vida, nos capítulos 4-6.
  4. Efésios é uma de quatro cartas conhecidas como as cartas da prisão, porque Paulo as escreveu enquanto estava preso, talvez em Roma, no finalzinho dos anos 50 d.C., ou no início dos anos 60 d.C. As outras são Filipenses, Colossenses e Filemom.
  5. Alguns manuscritos gregos não trazem a frase: “em Éfeso“, no primeiro versículo, levando alguns estudiosos a pensar que era um tipo de carta-circular.
  6. A carta tem uma das frases mais compridas de toda a Bíblia. Os versículos 3-14, do primeiro capítulo, compõem uma única oração gramatical. Algumas versões bíblicas a dividem em várias orações, por questão de estilo e melhor compreensão.
  7. A frase: “nos lugares celestiais” (1.3, 20; 2:6; 3:10; 6.12), é encontrada somente nesta carta. Não se refere ao céu, mas ao presente âmbito espiritual, invisível, no qual “o discipulado cristão mais difícil mas autêntico, é praticado — o mundo das decisões, atitudes, tentações e compromissos. É o campo de batalha do bem e do mal” (Nelson’s new illustrated Bible dictionary, 406).