Irmãos.org

A família de Deus na RMVale, e além

Doutrina

Fim de ano triste: a destruidora da certeza

Amados, não creiam em qualquer espírito, mas examinem os espíritos para ver se eles procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo” 1 João 4.1.

Um irmão americano publicou hoje um artigo em que expressou mudança no seu pensamento quanto à fé. Ele não tem mais certeza dos ensinamentos de Cristo aos quais sempre seguia. Hoje, ele duvida de muitas coisas que pregava antigamente. Está fechando seu blog de estudos bíblicos e já abriu outro para explorar novos conceitos.

O que não diz na página em que informa a mudança de pensamento, e que aparece apenas na página da sua biografia, é que está fazendo mestrado de “divindade” na Universidade Cristã de Abilene. Eis a fonte da sua falta de certeza! Esta universidade antigamente ensinava a verdade, mas hoje aprova qualquer pensamento religioso. Seus professores estudaram em faculdades denominacionais e ensinam doutrinas progressistas.

A faculdade, junto com outras do mesmo naipe, é destruidora da certeza da fé.

Os desvios da sã doutrina começam muitas vezes nas faculdades cristãs. Este é um fato histórico. Há irmãos que saem delas com ideias “evoluídas”, no linguajar deles, quer dizer, com outros conceitos além da verdade bíblica. (Alguém fez referência isso recentemente, estou a procura do link.)

Este fato tem relevância no Brasil porque temos gente formada em faculdades americanas, como a de Abilene, que não ensinam mais a verdade. Só o fato de estudar numa destas não significa, necessariamente, que a pessoa tenha sido infectada pela doutrina progressista. Mas as chances são boas.

Além do mais, tem programa no Brasil que utiliza gente que promove a doutrina progressista. Esta doutrina aceita denominações como parte da igreja, rejeita a necessidade do batismo para remissão dos pecados, coloca mulheres em posições de liderança e promove o instrumento de música na adoração da igreja, entre outras coisas.

Antes de enviar alguém para estudar em alguma faculdade ou programa de treinamento, é necessário saber quem dirige, quem paga e quem ensina nela. E não somente quem, mas o que ensinam. Há irmãos que no passado eram fiéis mas hoje não são mais. Só porque alguém se chama irmão (ou porque uma congregação se chama “igreja de Cristo”) não inspira, necessariamente, confiança.

O próprio apóstolo Paulo, quando chegou em Éfeso, queria saber sobre a conversão das pessoas, Atos 19.1-5.

Mesmo antes de convidar alguém para ensinar nas nossas congregações, devemos procurar saber qual evangelho ele ensina. Alguns não devem ser recebidos, 2 João 7-11.

Se amamos a irmandade, se amamos a verdade, se amamos o Senhor que se identifica como “o caminho, a verdade e a vida” João 14.6, devemos dar atenção a estas coisas.

Se não, pode ser que colocaremos os irmãos nas mãos dos que destroem a certeza da fé. E no dia do juízo o Senhor nos julgará por ter sido negligentes no amor e irresponsáveis para com nossos irmãos.

Assim, teremos não somente um fim de ano triste, mas uma eternidade triste.

“(…) rejeitaram o amor à verdade que os poderia salvar” 2 Tessalonicenses 2.10.

10 Comments

  1. Nilton Barretto

    Lamentável! Mas fatídico!

  2. Elcio Marcio

    Deus fará justiça aos seus escolhidos, “contudo, quando vier o Filho do Homem, achará, porventura, fé na terra?” [Lc 18.8] – A igreja está tomando um rumo muito perigoso, está perdendo o foco de agradar somente a Deus, com homens desqualificados segundo a Biblia na responsabilidade dos trabalhos – e muitas vezes fracos espiritualmente falando -, resultando em congregações inativas e sem frutos para o Senhor – eles não visam a salvação do perdido, e sim em coisas terrenas e insignificantes. O “evangelho self-service” está implantado, e infelizmente muitos irmãos que eram fiéis (como você mesmo disse Randal), hoje não são mais. Se não tomarmos o devido cuidado, e se não mantermos nossa fidelidade a Jesus, podemos embarcar nessa também. Que Deus nos de força para permanecermos fiéis ao firme fundamento de nosso Senhor Jesus Cristo.

  3. Otavio

    Continuarei firme na decisão que um dia tomei: “Eu e minha casa serviremos ao Senhor.” Paz e graça e que todos tenham coragem e força para manter a retidão em face de todas as pressões do mundo religioso.

  4. Poxa vida – infelizmente temos visto isso em muitas congregações aqui no Brasil – de tal forma que eu e o Wagner entendemos que nem podemos mais chamar de igreja de Cristo, baseada nos ensinamentos da Bíblia. Muito triste mesmo – e infelizmente não me espanto com essa notícia viu Randal. Faz tempo que percebemos uma “mudança” nas faculdades cristãs – as pessoas querem “modernizar” os ensinamentos de Jesus. Engraçado né – achei que a palavra de Deus era “viva e eficaz” – ou será que somente “algumas” Bíblias trazem esse versículo? Deus continue abençoando todos vocês e que tenhamos a força de manter nossa fé inabalável e vamos orar para que esses “modernistas” percebam a besteira e voltem à palavra antes que seja tarde demais…
    Em Cristo Mary Martha

  5. José Domingos de de Pádua

    Boa noite,irmão Randal
    Infelizmente, também acontece no nosso país: congregações que um dia defenderam a verdade,com medo de “espantar” os que procuram entretenimento em vez de santidade, promovem banquetes,e pasmem, ATÉ DIA DAS PRIMÍCIAS!

    Conversei com membro de uma dessas congregações e ele me informou que houve uma DIVISÃO na sua, ,motivo? OS MAIS ABASTADOS NÃO QUISERAM SE MISTURAR COM ALGUNS MENDIGOS (já convertidos, limpos,asseados e vestidos decentemente). Tomaram, então, a decisão mais escabrosa e preconceituosa: Alugaram uma casa num bairro NOBRE e passaram a congregar EM SUA PRÓPRIA IGREJA!!!!

    Segundo ele, sua congregação também passou por “algumas mudanças” e continuou: “Entendemos que não podemos ser conhecidos somente por a “igreja a capella”, então colocamos alguns instrumentos, coisa leve (rs),incluindo a permissão de algumas irmãs “terem a palavra” (?).

    Por acaso entrei no Face dessa congregação e fique de “queixo caído” quando vi um vídeo do pregador falando sobre o natal, com uma imagem bem comprometedora de fundo…

    Tem muito mais….

    “Pelo que o direito se retirou, e a justiça se pôs de longe; porque a verdade anda tropeçando pelas praças, e a retidão não pode entrar.” (Is.59:14)

    Bom,mas ainda bem que ainda existem irmão que não desistem de “martelar a arca”

    José Domingos

  6. Aida

    Junto me a você neste sentimento de frustração, Randal.
    Temos que incentivar a pureza do evangelho e ao mesmo
    tempo insistir em notificar todos sobre estas tristes ações que
    estão acontecendo ao nosso redor. Não devemos nos conformar
    com o mundo, o qual insiste em entrar no seio da
    Igreja do Senhor. Há alguns que notam isso, mas ficam calados, talvez
    para evitar debates ou coisas semelhantes. Mas temos que falar sobre o assunto
    sim. Não podemos deixar o joio crescer. Futuras gerações poderão
    pagar um preço muito alto por causa da apatia atual dos que sabem
    a diferença e não se manifestam. Excelente matéria, Randal !

  7. Madson Machado

    Que triste, 2016 foi de fato um ano bem pesado, sim tivemos coisas boas, mas as más notícias foram muitas e essa agora é de cortar o coração. Infelizmente a verdade vem pouco a pouco perdendo espaço entre a irmandade. Mas, o que me anima para o ano de 2017 é que ainda temos irmão, que se possível morrem para defender a verdade de Cristo através das Escrituras.

  8. Diego

    Excelentes comentários irmãos.

    Infelizmente vemos estes desvios nas escrituras “1Co 10.13 As tentações que vocês têm de enfrentar são as mesmas que os outros enfrentam[…] ” 1 Pe 5.9 “[…]vocês sabem que no mundo inteiro os seus irmãos na fé estão passando pelos mesmos sofrimentos.

    Devemos realmente falar em amor e sabedoria, a verdade.

    (É o que é de mais importante, na família de Deus)

    Randal, meu querido.

    No parágrafo abaixo que copiei e colei , você se refere a um link, teria como identifica-lo?

    “Os desvios da sã doutrina começam muitas vezes nas faculdades cristãs. Este é um fato histórico. Há irmãos que saem delas com ideias “evoluídas”, no linguajar deles, quer dizer, com outros conceitos além da verdade bíblica. (Alguém fez referência isso recentemente, estou a procura do link.)

    Um abraço

Deixe uma resposta para Randal Cancelar resposta

Theme by Anders Norén