Ação: Ler

Abaixo, alguns pontos em nossa leitura bíblica feita no 21/set sobre a passagem de Lucas 10.25-37.

  1. Jesus não despreza a pergunta sobre a vida eterna, mesmo feita com intenção de pô-lo à prova.
    • Quem mais no evangelho de Lucas fez pergunta semelhante, querendo “herdar a vida eterna”? (18.18).
    • Essas duas perguntas no evangelho de Lucas nos sugerem algo sobre o interesse das pessoas daquela época, ou do interesse do autor?
  2. Jesus responde com outra pergunta (na verdade, duas), como muitas vezes fazia, devolvendo a responabilidade à pessoa, 26. “Como você a lê?”
  3. Jesus remete o homem às Escrituras, 26. Quando diz respeito à vida eterna, é preciso LER a Bíblia.
  4. Jesus reconhece a resposta do homem como sendo correta, 28. Existe resposta certa e resposta errada nessa questão. (Somente a sinceridade não vale.)
  5. O amor a Deus e ao próximo está no centro da fé, 28.
    • O primeiro mandamento é de Dt 6.5; o segundo, de Lv 19.18. Estes dois são combinados também em Mc 12.29-31. Parece que os estudiosos tinham resumido as Escrituras a estes dois. Jesus carimba este resumo. Para ele, nada de novidade.
  6. Jesus enfatiza não somente o saber, mas o fazer, 28, 37. Somente fazendo é que o homem teria a vida eterna.
    • Jesus não se interessa em questões puramente acadêmicas ou teológicas.
    • Sem a prática (obediência, Hb 5.9) não existe salvação.
  7. Os que querem fugir das demandas da vida eterna discutem definições (ver 2Tm 2.14-15: “discussões acerca de palavras”). “Quem é meu próximo?”
  8. O homem não queria aplicar a verdade à própria vida, mas pela parábola que Jesus conta sobre o bom samaritano, Jesus a aplica ao homem, 36-37.
    • O homem ainda recusava dizer a palavra: “samaritano”, empregando uma frase comprida para identificá-lo, tanto o ódio dele pelos samaritanos.
    • Qual é melhor, nós conhecermos a aplicarmos à verdade em nós mesmos, ou esperar Jesus fazê-la no juízo?
  9. A resposta maior à pergunta do homem? Ele estava face a face com a vida eterna, mas não quis reconhecer Jesus.
    • João 5.39-40: “Vocês estudam cuidadosamente as Escrituras, porque pensam que nelas vocês têm a vida eterna. E são as Escrituras que testemunham a meu respeito; contudo, vocês não querem vir a mim para terem vida”.

Trabalho em torno da série: “52 ações do discípulo de Cristo”, no. 32.

One thought on “Ação: Ler

  1. Podemos resumir em parte o que disse Paulo “a letra mata” ou “a lei aponta para a morte” se ficarmos somente no texto ou na teoria ou parafraseando o que disse Paulo, o que disse Jesus etc e não praticarmos estamos sendo inuteis… O servo bom e fiel é aquele que atenta para a raiz do texto, por que nisso é conduz à pratica. Muitos discuntem a superficie do texto, as aparencias das traduções, mas desprezam a fonte, a origem de onde procede o liquido da vida… Não é o mar que me importa, mas de qual fonte procede? Quando Paulo e Barnabé divergiram, não importa com quem esteja a inocencia ou a culpa, mas qual a raiz? Paulo e Barnabé deixaram que “a linha do tempo” acertasse todos os detalhes. Deus é quem conhece o coração de João marcos, de Barnabé, de Paulo e o nosso? Não são os problemas ou razão ou inocencia ou teoria que nos atrapalham, precisamos saber que estamos escrevendo os nossos Salmos… Nenhuma dessas questões nos impedirão de adentrarmos os ceus pelas portas eternas, segundo as misericordias do Deus eterno.

Deixe uma resposta