Um só Deus, um só caminho

V — “Pois em um só corpo todos nós fomos batizados em um único Espírito: quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres. E a todos nós foi dado beber de um único Espírito” 1Co 12.13.

M — Há um só Deus e um só caminho para todas as pessoas chegarem até ele: o batismo no corpo de Cristo.

O — Pai, obrigado por nos colocar no caminho de Cristo. Conduza-nos até o reino eterno.

Espero com todo o meu ser

V — “Espero no Senhor com todo o meu ser, e na sua palavra ponho a minha esperança” Sl 130.5.

M — No Senhor há perdão e plena redenção. (ver Sl 130)

O — Pai, perdoa-me de todas as minhas culpas.

Vencedor determinado a vencer

V — “(…) como vencedor determinado a vencer” Ap 6.2.

M — Somos mais que vencedores! Rm 8.37. Saia, portanto, para vencer!

O — Pai, que eu tenha sempre a atitude de vencedor.

A graça reina

V — “Portanto, assim como o pecado reinou por meio da morte, também a graça reina para nos dar a vida eterna por meio da justiça por meio de Jesus Cristo nosso Senhor” Rm 5.21 VFL.

M — Jesus faz tudo acontecer, quando fazemos com que ele se torne Senhor da nossa vida. A graça vira o jogo e domina sobre o mal. Ela nos torna aceitáveis perante Deus e nos conduz até o final, até a vida eterna.

O — Senhor Deus, faça reinar em mim sua graça, pois sigo Jesus como meu Mestre e lhe obedeço como Senhor.

Levantarei

V — “Não se alegre a minha inimiga com a minha desgraça. Embora eu tenha caído, eu me levantarei. Embora eu esteja morando nas trevas, o Senhor será a minha luz” Mq 7.8.

M — Levanto da queda pelo arrependimento. Deus está sempre pronto para me ajudar.

O — Pai nosso, perdoe-nos e faça-nos fortes na nossa determinação de levantar.

Palavras nutritivas

V — “Os lábios do justo alimentam a muitos, (…)” Pv 10.21 A21.

M — Palavras boas e corretas possuem grande poder para nutrir a espiritualidade dos outros.

O — Deus Pai, cuja palavra é poderosa, faça com que nossas palavras partilhem da mesma capacidade de dar vida.

 

Deus encoraja

V — “Assim o Senhor encorajou o governador de Judá, Zorobabel, filho de Sealtiel, o sumo sacerdote Josué, filho de Jeozadaque, e todo o restante do povo, e eles começaram a trabalhar no templo do Senhor dos Exércitos, o seu Deus” Ag 1.14.

M — “Foi Deus quem iniciou a reconstrução ao suprir ao povo motivação e capacidade” (nota da NET Bible). Compare Fp 1.13.

O — Nosso Pai celestial, dê-nos ânimo e forças hoje para servir aos irmãos e aos que não o conhecem.

Mais velho, mais fraco?

V — “À medida que Salomão foi envelhecendo, suas mulheres o induziram a voltar-se para outros deuses, e o seu coração já não era totalmente dedicado ao Senhor, o seu Deus, como fora o coração do seu pai Davi” 1Rs 11.4.

M — Tome cuidado! Ao envelhecer, você pode se enfraquecer quanto à obediência à verdade. Seja sempre fiel.

O — Deus que nunca muda, ajude-me a nunca mudar no meu compromisso com o evangelho.

Não mintam

V — “Não mintam uns aos outros, visto que vocês já se despiram do velho homem com suas práticas e se revestiram do novo, o qual está sendo renovado em conhecimento, à imagem do seu Criador” Col 3.9-10.

M — O diabo é o pai das mentiras. A Deus pertence a verdade. O conhecimento desta nos conduz a Cristo.

O — Pai, que a verdade nos seja preciosa, mesmo quando ela revela nossa necessidade de mudança.

Objetivo do ensino

V — “O objetivo desta instrução é o amor que procede de um coração puro, de uma boa consciência e de uma fé sincera” 1Tm 1.5.

M — A finalidade do ensino é desenvolver o amor cujas fontes estão alimentadas pela palavra do Deus de amor e paz.

O — Cultive em nós, Pai nosso, o amor que nunca acaba, que sempre atua, que procura no Senhor sua força.

Seremos como os outros?

V — “Seremos como todas as outras nações; um rei nos governará, e sairá à nossa frente para combater em nossas batalhas” 1Sm 8.20.

M — Quando a igreja de Deus quer imitar denominações, deixa de seguir a Palavra de Deus como padrão e modelo—o mesmo procedimento de Israel que queria ser como as nações.

O — Deus soberano, que rejeitemos as práticas religiosas dos que não seguem o Senhor Jesus Cristo.

O desejo aprisiona

V — “A justiça dos justos os livra, mas o desejo dos infiéis os aprisiona” Pv 11.6.

M — A entrega às paixões destrói a pessoa. Pela prática da justiça Deus protege seu povo. Temos esta escolha.

O — Pai, ajude-nos a ver o fim das nossas escolhas.