Mais um bom momento

Ontem à noite, tivemos mais um momento abençoado com a família de Deus no Urbanova. A mensagem: “As dores do sofrimento de Cristo”, com base em Filipenses 3.10, concluiu a série sobre as dores do seguidor de Cristo.

¶ Esteve conosco ontem Roberto Schreiner, que está na sua última viagem ao Brasil pela empresa dele. Ele deve estar conosco na quarta-feira também. Retornará na sexta-feira para sua casa. Em seus comentários depois da reunião, elogiou aos irmãos dizendo que se sentia parte da congregação.

¶ Houve pedido de oração para lembrar os casais com dificuldades no relacionamento. Foram citados alguns casos. O pedido nos lembrou da aula que damos no últimos sábado, em Jundiaí (SP), para um encontro de casais, sobre o casamento compromissado. É grande a pressão em cima dos casais, mesmo dentro da irmandade.

¶ No 15/out estaremos em S. João da Boa Vista (SP) para um encontro de obreiros. Faça seus planos para estar presente também. O outro palestrante será o sr. Hugo Souza, de Santa Rita do Passa Quatro (SP). Ele é pai de Humberto, irmão em Taubaté.

¶ Na próxima quarta (28/set), faremos mais uma leitura bíblica da série: “52 ações do discípulo de Cristo”, o no. 33: “Manejar”, baseado em 2 Timóteo 2.15. Faça planos já para estar conosco, das 20h-21h, aqui no Urbanova. 3949-1246.

Ação: Ler

Abaixo, alguns pontos em nossa leitura bíblica feita no 21/set sobre a passagem de Lucas 10.25-37.

  1. Jesus não despreza a pergunta sobre a vida eterna, mesmo feita com intenção de pô-lo à prova.
    • Quem mais no evangelho de Lucas fez pergunta semelhante, querendo “herdar a vida eterna”? (18.18).
    • Essas duas perguntas no evangelho de Lucas nos sugerem algo sobre o interesse das pessoas daquela época, ou do interesse do autor?
  2. Jesus responde com outra pergunta (na verdade, duas), como muitas vezes fazia, devolvendo a responabilidade à pessoa, 26. “Como você a lê?”
  3. Jesus remete o homem às Escrituras, 26. Quando diz respeito à vida eterna, é preciso LER a Bíblia.
  4. Jesus reconhece a resposta do homem como sendo correta, 28. Existe resposta certa e resposta errada nessa questão. (Somente a sinceridade não vale.)
  5. O amor a Deus e ao próximo está no centro da fé, 28.
    • O primeiro mandamento é de Dt 6.5; o segundo, de Lv 19.18. Estes dois são combinados também em Mc 12.29-31. Parece que os estudiosos tinham resumido as Escrituras a estes dois. Jesus carimba este resumo. Para ele, nada de novidade.
  6. Jesus enfatiza não somente o saber, mas o fazer, 28, 37. Somente fazendo é que o homem teria a vida eterna.
    • Jesus não se interessa em questões puramente acadêmicas ou teológicas.
    • Sem a prática (obediência, Hb 5.9) não existe salvação.
  7. Os que querem fugir das demandas da vida eterna discutem definições (ver 2Tm 2.14-15: “discussões acerca de palavras”). “Quem é meu próximo?”
  8. O homem não queria aplicar a verdade à própria vida, mas pela parábola que Jesus conta sobre o bom samaritano, Jesus a aplica ao homem, 36-37.
    • O homem ainda recusava dizer a palavra: “samaritano”, empregando uma frase comprida para identificá-lo, tanto o ódio dele pelos samaritanos.
    • Qual é melhor, nós conhecermos a aplicarmos à verdade em nós mesmos, ou esperar Jesus fazê-la no juízo?
  9. A resposta maior à pergunta do homem? Ele estava face a face com a vida eterna, mas não quis reconhecer Jesus.
    • João 5.39-40: “Vocês estudam cuidadosamente as Escrituras, porque pensam que nelas vocês têm a vida eterna. E são as Escrituras que testemunham a meu respeito; contudo, vocês não querem vir a mim para terem vida”.

Trabalho em torno da série: “52 ações do discípulo de Cristo”, no. 32.

A dor da perseguição

Da série de estudos sobre as dores do cristão. Uma destas é a dor da perseguição.

Texto: 2 Timóteo 3.6-17

  1. Perseguição ocorre por causa da rejeição da verdade, 2Tm 3.6-9.
  2. A perseguição faz parte do “pacote” da vida em Cristo, 2Tm 3.10-11.
  3. O Senhor livra de todas essas coisas (mesmo morrendo pela fé!), 2Tm 3.11.
  4. Em algum momento ou outro, todos os santos serão perseguidos, 2Tm 3.12.
  5. Na perseguição, continue lançando mão das Escrituras para a obra de Deus, 2Tm 3.14-17.

 

Algumas mudanças de local

A reunião dominical para os irmãos no Urbanova será realizada, excepcionalmente, no próximo domingo, dia 28, na casa de Douglas e Ludmila. O horário continua o mesmo, 19h30-20h45 aos domingos.

A congregação em Taubaté já está se reunindo em novo endereço, desde o início do mês: Rua Vicente Torre, 370, Chácara Silvestre. O horário continua o mesmo, 9h aos domingos.

Para maiores informações, veja a página das Comunidades no site cristaos.org.

A frase: ‘Assim diz o Senhor’, no Antigo Testamento

Na NVI, a frase: “Assim diz o Senhor”, ocorre no Antigo Testamento 276 vezes em 18 livros. Jeremias está bem na frente. Neste, ocorre 141 vezes. Aparece primeiro em Êxodo e por último em Malaquias.

A frase declara que a origem da mensagem do profeta não veio dele, mas sim da parte de Deus. Há maldição para quem afirma falar em nome de Deus, mas cujas palavras não vieram dele.

A frase não ocorre nesta forma no Novo Testamento, mas o princípio de falar pela autoridade de Deus está bem presente. Era refrão entre os primeiros cristãos: “Não ultrapassem o que está escrito” 1Co 4.6. Devemos adotar o mesmo refrão entre nós.

Em toda a Bíblia, muitas outras palavras e frases aparecem com ideias semelhantes no tocante à autoridade e revelação divinas. Esta frase é uma a que devemos prestar atenção.

Sábado—Participe: ‘Casamento nota 10’

“Casamento Nota 10” é meu título para o seminário de casais na congregação na Vila Maria, em São Paulo, no sábado, dia 20/ago.

Será realizado na parte da tarde. O endereço: Rua Porangatu, 28, perto da Praça Cosmorama.

Veremos 10 qualidades importantes para todo casamento. Assim, poderá avaliar o seu relacionamento conjugal para desenvolvê-lo mais ainda.

Entre as 10 qualidades: ternura, honestidade, compromisso, adaptabilidade, intimidade, respeito.

Trataremos cada ponto com bom humor, com atitude positiva, com esperança para todo casal que participa do momento.

O objetivo do evento é aproximar-nos mais ainda do modelo de Deus para o casamento, trazendo assim a alegria e o benefício espiritual que ele proporciona.

Dar fruto para Deus

V — “Assim, meus irmãos, vocês também morreram para a Lei, por meio do corpo de Cristo, para pertencerem a outro, àquele que ressuscitou dos mortos, a fim de que venhamos a dar fruto para Deus” Rm 7.4.

M — Servir Jesus, ao invés de depender da própria bondade, é o meio pelo qual produzimos para Deus o fruto da justiça no seu reino.

O — Nosso Deus e Pai, reforce em nós o propósito de viver em Cristo e de glorificá-lo pelos nossos frutos.

O que pedir do Senhor

V — “Jesus lhe respondeu: ‘Se você conhecesse o dom de Deus e quem lhe está pedindo água, você lhe teria pedido e ele lhe teria dado água viva’” Jo 4.10.

M — Do Senhor pedimos coisas inferiores, porque não sabemos o que ele oferece de mais precioso.

O — Pai, dê-me discernimento para eu saber o que mais vale e o que eu devo pedir e buscar.

O segredo da fidelidade

V — “Mantenham-se no amor de Deus, enquanto esperam que a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo os leve para a vida eterna” Jd 21.

M — O segredo da fidelidade: manter-se no amor de Deus, cercar-se com as certezas da bondade e da paciência do Senhor.

P — Senhor Deus, que eu nunca perca de vista que o Senhor tudo faz pelo amor.

A vida um tédio

V — “Todas as coisas trazem canseira. O homem não é capaz de descrevê-las; os olhos nunca se saciam de ver, nem os ouvidos de ouvir” Ecl 1.8.

M — Sem Deus, isto é, “abaixo do sol”, a vida é um tédio. Em Cristo, Deus dá paz, alegria e profunda satisfação.

O — Pai, que Cristo nos traga força, alegria e contentamento.

Seguiu de perto

V — “Mas você tem seguido de perto o meu ensino, a minha conduta, o meu propósito, a minha fé, a minha paciência, o meu amor, a minha perseverança, as perseguições e os sofrimentos que enfrentei” 2Tm 3.10-11a.

M — Bom é ter um exemplo assim; melhor ainda, dar tal exemplo.

O — Pai, obrigado acima de tudo pelo exemplo de Jesus, e pelo bom exemplo de homens e mulheres fiéis. Que eu seja um destes.

Um só Deus, um só caminho

V — “Pois em um só corpo todos nós fomos batizados em um único Espírito: quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres. E a todos nós foi dado beber de um único Espírito” 1Co 12.13.

M — Há um só Deus e um só caminho para todas as pessoas chegarem até ele: o batismo no corpo de Cristo.

O — Pai, obrigado por nos colocar no caminho de Cristo. Conduza-nos até o reino eterno.